Página Principal > Pontos de Interesse > Equipamentos > Teatros > A a F > Apolo (Teatro )
Teatro Apolo, Serôdio, Armando, Arquivo Municipal de Lisboa, AFML - A26936
Teatro Apolo, Serôdio, Armando, Arquivo Municipal de Lisboa, AFML - A26936

Localização
Rua da Palma/Rua da Mouraria
Freguesia: Santa Justa

Data
1865

Pertencente a Francisco Viana Ruas, é inaugurado em 1866 o Teatro do Príncipe Real, em homenagem ao futuro rei Dom Carlos.
Dois pobres e uma porta, em 3 actos e, Muito padece quem ama são as comédias apresentadas na inauguração.
Em 1906, Palmira Torres é a actriz principal da peça A Severa, de Júlio Dantas.
O regime republicano altera-lhe o nome para Teatro Apolo.
Agulha em Palheiro, primeira revista original após a instauração da República, é aqui representada logo em 1911.
Apesar dos inúmeros sucessos, o teatro foi demolido em 1957.


Saber mais em: