Espaço e Tempo Revelar LX
Espaço e Tempo Revelar LX
APRESENTAÇÃO PONTOS INTERESSE PROJECTO ESCOLA MAPAS ACONTECE ENVIE POSTAL EFEMÉRIDES ENGLISH  english
 
SABIA QUE...
Página Principal > Pontos de Interesse > Equipamentos > Elevadores > G a N > Glória (Elevador da )
Glória (Elevador da )
Elevador da Glória, Arnaldo Madureira, 1960, Arquivo Municipal de Lisboa, AFML - A30477
Elevador da Glória, Arnaldo Madureira, 1960, Arquivo Municipal de Lisboa, AFML - A30477

Localização
Praça dos Restauradores/S. Pedro de Alcantâra
Freguesia: São José

Autoria
Raoul Mesnier de Ponsard

Data
Inauguração a 24 de Outubro de 1885

Segundo elevador projectado pelo engenheiro Raul Mesnier du Ponsard e fabricado pela Nova Companhia de Ascensores de Lisboa, a qual obteve licença camarária de construção em 1875, sendo esta consecutivamente prorrogada, iniciando-se a obra em 1883. A construção deste ascensor foi muito atribulada, sendo alvo de protestos, embargos, exigências de indemnizações avultadas e desastres. Foi, por fim, inaugurado a 24 de Outubro de 1885. Locomovia-se através do contrapeso de água. Necessitava de 400 m3 diários de água para funcionar. A água era fornecida pelo depósito das Amoreiras. À noite, o interior do elevador era iluminado com velas de estearina. Durante um período foi movido a vapor, estando a caldeira numa casa no Largo da Oliveirinha. Passou a funcionar por tracção eléctrica a partir de 1 de Agosto de 1914. Este elevador apresentava a particularidade de se poder viajar no tejadilho, em dois bancos corridos de costas com costas, a chamada imperial, à qual os passageiros acediam por uma escada de caracol. A sua viagem custava um vintém. Passa a ser propriedade da Companhia Carris de Ferro de Lisboa, em 15 de Dezembro de 1926. No ano de 2002 foi classificado Monumento Nacional.

Bibliografia
ALVES, Maria Amélia Lemos, Lisboa dos Elevadores, 1.ª ed., Lisboa, Câmara Municipal de Lisboa, 2002.
CALLIXTO, Vasco, As rodas da capital. História dos meios de transporte da cidade de Lisboa, 1.ª ed., Lisboa, Junta Distrital de Lisboa, 1967.
CAPITÃO, Maria Amélia da Motta, Subsídios para a história dos transportes terrestres em Lisboa no século XIX, 1.ª ed., Lisboa, 1974.
ESTRELA, Edite, Lisboa - A cidade dos Elevadores, 1.ª ed., Lisboa, Companhia Carris de ferro de Lisboa, 1986.
GURRIARÁN, José António, Lisboa: Uma Cidade Inesquecível. Mapa e roteiros completos, Mérida, Badajoz, Límite, cop. 1997, p. 228.


Saber mais em:


Voltar contacte-nos imprimir página guardar página enviar endereço
Mapa do Sítio | Perguntas Frequentes | Assine o Livro de Visitas | Política de Privacidade e Segurança | Adicione aos favoritos | Sugira a um Amigo | Links Úteis
  Bibliotecas Municipais de Lisboa Arquivo Municipal de Lisboa Símbolo de Acessibilidade Visite o sítio português do projecto light Projecto co-financiado por Bandeira UE INTERREG 3C Câmara Municipal de Lisboa  
© 2005 - REVELAR LX - Todos os direitos reservados.  seara.com