Espaço e Tempo Revelar LX
Espaço e Tempo Revelar LX
APRESENTAÇÃO PONTOS INTERESSE PROJECTO ESCOLA MAPAS ACONTECE ENVIE POSTAL EFEMÉRIDES ENGLISH  english
 
SABIA QUE...
Página Principal > Pontos de Interesse > Arte Pública/Escultura > Monumentos > G a N > Marquês de Pombal (Monumento ao )
Marquês de Pombal (Monumento ao )
Monumento ao Marquês de Pombal, pormenores escultóricos da estátua do escultor Francisco Santos, Luís Filipe de Aboim Pereira, 1961, Arquivo Municipal de Lisboa, AFML – A34652 (Clique para ampliar)
Monumento ao Marquês de Pombal, pormenores escultóricos da estátua do escultor Francisco Santos, Luís Filipe de Aboim Pereira, 1961, Arquivo Municipal de Lisboa, AFML – A34652 (Clique para ampliar)

Localização
Praça Marquês de Pombal
Freguesia: Coração de Jesus

Autoria
Francisco santos; Simões der Almeida (sob.) e Leopoldo de Almeida
Projecto: Adães Bermudes; António Couto e Francisco Santos

Inauguração
13 de Maio de 1934

Monumento de grandes proporções, construído em homenagem a Sebastião José de Carvalho e Melo, Marquês de Pombal e Conde de Oeiras, através de subscrição pública.

Em 1882 surgiu pela primeira vez a ideia de erguer um monumento ao Marquês de Pombal, por ocasião das comemorações evocativas do centenário da sua morte. No entanto a agitação politica da época impediu a continuação do projecto. Este é retomado em 1913 com a abertura de um concurso público.

A 1ª pedra foi colocada por duas vezes, em 15 de Agosto de 1917 e novamente a 13 de Maio de 1926. Só oito anos depois a estátua era colocada sobre o fuste (12 de Dezembro de 1933) e inaugurada em 1934.

O monumento é constituído por um pedestal onde assenta a estátua. Este pedestal tem cerca de 40m de altura, em pedra trabalhada, ostentando na parte superior quatro medalhões onde figuram os principais colaboradores do Marquês de Pombal. A parte inferior da base é rodeada por diversas figuras alegóricas. Nomeadamente a figura feminina simbolizando “Lisboa reedificada” e três grupos escultóricos evocando as reformas levadas a cabo por Sabastião Carvalho e Melo.

No cimo, a estátua do Marquês de Pombal, de corpo inteiro, assenta o braço sobre o dorso de um leão, que simboliza a força, a determinação e a própria realeza.

Bibliografia:
Estatuária e Escultura de Lisboa: Roteiro. 1ª edição. Lisboa: Câmara Municipal de Lisboa – Património Cultural, 2005. 259 [2]. ISBN 972-8543-03-4. p.
ARAUJO, Noberto de -  Peregrinações em Lisboa. Lisboa: Câmara Municipal de Lisboa, 1992-1993. p. 43


Saber mais em:


Voltar contacte-nos imprimir página guardar página enviar endereço
Mapa do Sítio | Perguntas Frequentes | Assine o Livro de Visitas | Política de Privacidade e Segurança | Adicione aos favoritos | Sugira a um Amigo | Links Úteis
  Bibliotecas Municipais de Lisboa Arquivo Municipal de Lisboa Símbolo de Acessibilidade Visite o sítio português do projecto light Projecto co-financiado por Bandeira UE INTERREG 3C Câmara Municipal de Lisboa  
© 2005 - REVELAR LX - Todos os direitos reservados.  seara.com