Espaço e Tempo Revelar LX
Espaço e Tempo Revelar LX
APRESENTAÇÃO PONTOS INTERESSE PROJECTO ESCOLA MAPAS ACONTECE ENVIE POSTAL EFEMÉRIDES ENGLISH  english
 
SABIA QUE...
Página Principal > Pontos de Interesse > Equipamentos > Escolas/Liceus > A a F > Camões (Liceu )
Camões (Liceu )
Liceu Camões – actual Escola Secundária de Camões, [c. 1960], Arnaldo Madureira, Arquivo Municipal de Lisboa, AFML – A30869 (Clique para ampliar)
Liceu Camões – actual Escola Secundária de Camões, [c. 1960], Arnaldo Madureira, Arquivo Municipal de Lisboa, AFML – A30869 (Clique para ampliar)

Localização
Praça José Fontana
Freguesia: São Jorge de Arroios

O Liceu Camões teve o seu início em 1902 com a denominação de Liceu Nacional de Lisboa, a funcionar no Palácio da Regaleira, Largo de S. Domingos. O liceu não disponha de muitas condições, não tinha laboratórios, nem recreio apropriado.

Em 1907 foi autorizado a aquisição de um terreno para a construção de um edifício de raiz e compra do respectivo mobiliário. No início de 1908 iniciaram-se as obras, que vêm a acabar 21 meses depois, nos finais de 1909. Entretanto, a 9 de Setembro de 1908, a designação muda oficialmente para Lyceu de Camões. O Liceu foi construído no Largo do Matadouro Municipal (posteriormente Praça José Fontana), sob fortes críticas, devido à nova arquitectura e por ser de difícil acesso e distante para os alunos. No entanto, este possuía umas óptimas condições pedagógicas, uma cantina e uma associação de estudantes. Era o único Liceu em Portugal que disponha de um conjunto de infra-estruturas associadas á pratica do exercício físico (natação, ginástica e banhos).

No ano de 1927 foram construídos dois pavilhões destinados a gabinetes de física e química.
Em 1936, com o Estado Novo a associação de estudantes foi extinta e as suas actividades integradas na Mocidade Portuguesa.

Desde a sua criação até ao ano de 1935 o liceu era misto. A partir desta data aceitava somente estudantes do sexo masculino. Em 1947 é reintroduzido o regime de classes mistas.
No final da década de 1950, o liceu conhece um momento de expansão com a abertura de duas secções: a de Alvalade (1957/58), actual Escola Secundária Padre António Vieira; e a do Areeiro (1958/59), hoje a Escola E.B. 2,3 Luís de Camões.

Bibliografia:
PATO, Heitor Baptista – São Jorge de Arroios: Uma Freguesia de Lisboa. 1ª ed. Lisboa: Junta de Freguesia de São Jorge de Arroios, 2006. Depósito Legal 243225/06.


Saber mais em:


Voltar contacte-nos imprimir página guardar página enviar endereço
Mapa do Sítio | Perguntas Frequentes | Assine o Livro de Visitas | Política de Privacidade e Segurança | Adicione aos favoritos | Sugira a um Amigo | Links Úteis
  Bibliotecas Municipais de Lisboa Arquivo Municipal de Lisboa Símbolo de Acessibilidade Visite o sítio português do projecto light Projecto co-financiado por Bandeira UE INTERREG 3C Câmara Municipal de Lisboa  
© 2005 - REVELAR LX - Todos os direitos reservados.  seara.com