Espaço e Tempo Revelar LX
Espaço e Tempo Revelar LX
APRESENTAÇÃO PONTOS INTERESSE PROJECTO ESCOLA MAPAS ACONTECE ENVIE POSTAL EFEMÉRIDES ENGLISH  english
 
SABIA QUE...
Página Principal > Pontos de Interesse > Equipamentos > Cafés/Bares > A a F > British Bar
British Bar
British Bar, foto do Revelar Lx, 2008.
British Bar, foto do Revelar Lx, 2008.

Localização: Rua Bernardino Costa, nº 52
                     (Cais do Sodré)


Data: actual designação desde 18/2/1919

As raízes do British Bar na zona do Cais do Sodré são já seculares. Começou por se chamar “Taverna Inglesa” nos fins do século XIX. Neste período era frequentado por súbditos britânicos e por portugueses dedicados aos transportes marítimos e marinheiros. A actual designação foi-lhe atribuída em 1919 por António Prazeres e família, sócio gerente deste bar.
O seu exterior apresenta três vitrinas separadas por duas portas que abem em estilo “saloon”. Na vitrina do meio está colocado o logótipo do British Bar em vermelho.
No interior o bar possui uma riquíssima estante de madeira trabalhada, onde estão colocadas diversas garrafas. Nesta estante sobressai uma fotografia da comemoração do final da segunda guerra mundial, tirada à frente do bar.
O balcão ocupa um espaço privilegiado, possuidor de um varão metálico que serve de apoio a quem prefere conversar de pé.
Outra peça de interesse é um relógio inglês do fim do século XIX, com o mostrador enquadrado por um lindíssimo trabalho de madeira e as horas esmaltadas sobre medalhões de alabastro. Porém, a peça que mais fama dá a este bar é o relógio, cujos ponteiros funcionam no sentido da rotação da terra, dá as horas ao contrário.
O bar é ponto de encontro de artistas, jornalistas, intelectuais, turistas e todas as pessoas que gostam de uma boa conversa.
Um grande frequentador deste bar foi José Cardoso Pires que pouco antes de morres, deu aí uma memorável entrevista televisiva.

Cardoso Pires referindo-se ao bar escreve  “Mais desconcertante só o do British Bar do Cais do Sodré que roda em sentido contrário e marca horas pontualíssima.”
“…lá estou eu, sempre que calha, com um copo de ginger-beer à pressão a olhar aqueles ponteiros”

Bibliografia
PIRES, José Cardoso – Lisboa – Livro de Bordo. 4ª. Ed. Lisboa: Publicações Dom Quixote, 1998. p. 80-81. ISBN 972-20-1422-6.


Voltar contacte-nos imprimir página guardar página enviar endereço
Mapa do Sítio | Perguntas Frequentes | Assine o Livro de Visitas | Política de Privacidade e Segurança | Adicione aos favoritos | Sugira a um Amigo | Links Úteis
  Bibliotecas Municipais de Lisboa Arquivo Municipal de Lisboa Símbolo de Acessibilidade Visite o sítio português do projecto light Projecto co-financiado por Bandeira UE INTERREG 3C Câmara Municipal de Lisboa  
© 2005 - REVELAR LX - Todos os direitos reservados.  seara.com